"Funchal Sempre à Frente" quer ajudar utentes em situação de carência e exclusão social

23-09-2021
"Funchal Sempre à Frente" quer ajudar utentes em situação de carência e exclusão social
A candidatura ‘Funchal Sempre à Frente’ visitou, esta quarta-feira, a Associação Protectora dos Pobres. Uma instituição que tem por objectivo dignificar e ajudar na mudança de hábitos de vida através da implementação de projetos individuais de intervenção adaptados a cada realidade, promovendo a integração profissional, habitacional ou familiar.

Na reunião, com a direcção da Instituição, Pedro Calado abordou o «flagelo Social» e apresentou os programas que pretende implementar ,na Câmara Municipal do Funchal, para resolver os problemas das pessoas que, hoje , são marginalizadas por vários razões: desde uso de drogas, o consumo de álcool, a violência doméstica, o abandono, a falta de emprego, entre outros.

Pedro Calado disse, ter já neste momento os problemas identificados e assumiu um compromisso: «trabalhar, em diálogo e em articulação, com as diversas entidades que já estão no terreno, dando-lhes mais meios, ajudando-as financeiramente para terem mais recursos e melhorar as condições em que se encontram estas pessoas».

Um dos problemas, que afecta mais a sociedade, são os sem abrigo. É preciso retirá-los do abandono social, da marginalização, combater o problema do álcool e da toxicodependência.

A Associação Protectora dos Pobres apoia utentes em situação de carência e exclusão social. Diariamente prepara cerca de 300 refeições e assegura abrigo no centro de Acolhimento Nocturno, a mais de 30 utentes.