Transparência e rigor na gestão da Junta de Freguesia é compromisso de Manuel Filipe para São Pedro

27-08-2021
Transparência e rigor na gestão da Junta de Freguesia é compromisso de Manuel Filipe para São Pedro
Transparência e rigor na gestão da Junta de Freguesia é compromisso de Manuel Filipe para São Pedro 

Competência, dinamismo e espírito de equipa para mudar o rumo, em São Pedro, e melhorar a vida dos que residem, trabalham e visitam a Freguesia, é o compromisso de Manuel Filipe, candidato à Junta de Freguesia de São Pedro, pelo “Funchal Sempre à Frente”, que também destaca a necessidade de transparência e rigor na gestão autárquica do órgão executivo. 

Na área social, considerada muito importante face ao envelhecimento da população da Freguesia,  são três as propostas fundamentais para São Pedro: reforçar a atribuição de cabazes alimentares, baseada num levantamento das famílias carenciadas, mas promovendo um acompanhamento contínuo, criação de uma bolsa de emprego e formação, em conjunto com entidades privadas, para os desempregados, a que se junta uma aproximação e parcerias com as Instituições  Particulares de Solidariedade Social (IPSS) da freguesia, para melhorar e apoiar os que necessitam. 

Todavia, como realça, Manuel António Filipe, «queremos dar apoio às famílias, com critérios justos e equitativos», isto porque, explica, presentemente «não há rigor nos apoios concedidos», razão pela qual garante que «todas as atribuições de bolsas e apoios serão baseados em regulamentos transparentes», sendo ainda criada uma Comissão de Fiscalização composta por membros da Assembleia de Freguesia para fiscalizar e acompanhar o processo de seleção e atribuição dos apoios.

Entre outros objetivos para a Junta de Freguesia de São Pedro e que estão incluídos no programa apresentado à população, destacam-se a dinamização da atividade juvenil e desportiva, «atualmente inexistentes», bem como uma aposta na promoção das atividades culturais e turísticas».  

Nesta duas áreas, saliente-se a criação de um roteiro turístico de São Pedro, para atrair e aumentar o fluxo de turistas, o reforço dos apoios às entidades que desenvolvam a sua actividade em prol da defesa e promoção da tradição e cultura, a que se acresce a reactivação do grupo folclórico e o diálogo com os comerciantes de modo a criar parcerias para dinamizar as principais artérias da Freguesia.