Notícias

Tiago Freitas quer para São Gonçalo um projecto mobilizador e inclusivo, com dinamismo e desenvolvimento

Tiago Freitas quer para São Gonçalo um projecto mobilizador e inclusivo, com dinamismo e desenvolvimento

26-07-2021
Um projecto mobilizador e inclusivo, com desenvolvimento e e dinamismo para São Gonçalo. 
Este é o compromisso da equipa do Funchal Sempre à Frente, para a Freguesia, cuja apresentação foi realizada, no Miradouro das Neves, um dos emblemáticos lugares de São Gonçalo. 

Tiago Freitas e a sua equipa apresentaram um conjunto de medidas e projetos para desenvolver São Gonçalo em que o foco serão sempre os moradores, melhorando a qualidade de vida e bem-estar da população. 

Um conjunto de parcerias com a Administração Pública Regional, com organismos e entidades privadas que permitam reduzir as assimetrias existentes. Reforçar o apoio social nas diferentes áreas para todos os moradores garantindo-lhes um novo horizonte de esperança. Concretizar um conjunto de traçados rodoviários e melhoramento dos traçados pedonais que permitam ligar acessos secundários às vias principais de São Gonçalo, para que a população tenha melhores acessibilidades, sobretudo nas zonas altas. Fazer chegar transporte público com a regularidade e segurança que os moradores de São João Latrão, do Bairro do Palheiro Ferreiro e do Bairro de São Gonçalo, tanto desejam e tanto necessitam. 

Outro compromisso de Tiago Freitas e da equipa do Funchal Sempre à Frente para São Gonçalo é encontrar soluções, em articulação com a CMF e as diversas associações regionais de forma a poder apoiar os moradores na recuperação das suas habitações. Além disso, a implementação de um plano mais eficaz de recolha do lixo na Freguesia. 

Por fim, realçar e valorizar o Património Cultural edificado da freguesia de São Gonçalo e reforçar a aposta no desporto e atividade física, equipando, criando e desenvolvendo, novos circuitos e áreas desportivas.
Diálogo com as instituições e resolução dos problemas são garantias para o Funchal

Diálogo com as instituições e resolução dos problemas são garantias para o Funchal

23-07-2021
Na apresentação da candidatura a São Pedro, o cabeça-de-lista da Coligação ‘Funchal sempre à frente’, Pedro Calado, defendeu um projecto diferente para a cidade com base na proteção  ao investimento, no crescimento, no apoio à causa social, de modo a salvaguardar aqueles que têm pouco. Mais, esclareceu que os apoios sociais vão continuar, mas com regras e sem vícios. “Vamos continuar apoiar os jovens, as famílias que não têm forma de sustento. Não vamos apoiar quem não quer trabalhar”, sublinha. 

Pedro Calado também promete uma outra postura autárquica, pois constata que actual  gestão da Câmara vira costas ao essencial, quando “não quer resolver problema nenhum e faz gala em criar problemas à governação para a cidade”, esclarecendo que ao dar um passo em frente para resolver os problemas encontra “um obstáculo e uma parede do outro lado que faz gala  em dizer que não quer resolver os problemas com o governo”. Deu como exemplo o que se passou com a Horários do Funchal em que a vida da empresa teve em suspenso tudo porque a CMF se recusou a assinar um contrato de gestão pública de transportes.

Daí que estabeleça um compromisso: ”Quando chegarmos à presidência da CMF podem ter a certeza que a primeira coisa a fazer é abrir as portas a todas as entidades do governo regional. Hoje nós temos que  trabalhar em conjunto em  sinergia com toda a gente, não é por uns de costas voltadas para os outros. Isso já  não funciona. Nós  temos que trabalhar em equipa, nós estamos hoje a trabalhar com dois partidos. Há que dar a volta e estar na vida de uma forma diferente”.

Pedro Calado voltou a criticar a desastrosa gestão camarária da coligação no poder no Funchal, dando como exemplos o trânsito caótico, a falta de planeamento, de água e de limpeza das ruas.

O candidato da coligação PSD/CDS  à Assembleia Municipal, José Luís Nunes, reconhece a capacidade de trabalho de Pedro Calado, a sua visão estratégica para organizar uma casa que considera desgovernada.
Junta de São Pedro precisa de dinamismo  Manuel Filipe entende que, nos últimos oito anos, a freguesia “mudou para pior”

Junta de São Pedro precisa de dinamismo Manuel Filipe entende que, nos últimos oito anos, a freguesia “mudou para pior”

23-07-2021

 Manuel Filipe, candidato à Junta de Freguesia de São Pedro, garante  espirito  de missão, uma equipa dinâmica e qualificada para mudar o rumo de São Pedro, bem como, melhorar a vida dos que vivem, dos que  trabalham e dos que visitam a freguesia. “Nós queremos  dar  apoio às famílias, com critérios justos e equitativos”, referiu  o candidato pelo projeto de Coligação PSD/CDS que esta tarde apresentou a sua equipa nos jardins da Fortaleza do Pico.

Entre outros objetivos, o candidato propõe-se dinamizar a atividade juvenil e desportiva, “atualmente inexistentes” e o melhoramento de acessibilidades. As atividades culturais e turísticas são também  outra   aposta forte para a freguesia.

Manuel Filipe, actual presidente do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, considera que São Pedro está votada ao esquecimento, sem identidade e com uma população envelhecida, daí ter aceite o desafio de Pedro Calado  para ser candidato com o objetivo de mudar o rumo e o destino  da freguesia.

“Sabemos que as competências das juntas são limitadas. Contudo, este facto pode ser ultrapassado com dinamismo, nunca esquecendo o quão importante será ter na liderança da Câmara do Funchal o Pedro Calado e a equipa da Coligação Funchal Sempre à Frente”, referiu o candidato.

Manuel Filipe compromete-se a dar outra dinâmica à Junta, ouvindo a população, os empresários e os investidores, tendo em vista ajudar e resolver os pequenos e os grandes problemas dos fregueses.

Um dinamismo que diz faltar ao atual executivo da Junta.”Não existe equipa, nem executivo e a culpa só pode ser imputada ao seu presidente e à sua conduta. Não há rigor na atribuição dos apoios concedidos, não existe respeito pela Assembleia de Freguesia e os representantes do povo aí presentes. Nem os vários alertas de todas as forças da oposição e as rusgas efetuadas pela Polícia Judiciaria às instalações da Junta alteraram esse rumo e esse registo”, criticou o cabeça-de-lista, sublinhando que em 8 anos, São Pedro “mudou para pior”.

Manuel Filipe também criticou a falta de investimento do actual executivo da Câmara Municipal do Funchal naquela freguesia. “O melhor exemplo da inércia desta autarquia em São Pedro é a reabilitação urbana do edifício da ‘Felisberta'. Foi a bandeira da reabilitação urbana  da coligação ‘Confiança’ na campanha de há quatro anos, hoje encontra-se exatamente na mesma, degradada”, denunciou Manuel Filipe.
Formar para a inovação e apostar nas tecnologias para criar emprego para os mais jovens, é uma das propostas de Pedro Calado

Formar para a inovação e apostar nas tecnologias para criar emprego para os mais jovens, é uma das propostas de Pedro Calado

21-07-2021
O candidato à presidência da Câmara Municipal do Funchal pela coligação “Funchal Sempre à Frente” visitou empresas vocacionadas para as novas tecnologias de informação.

Pedro Calado garantiu que a CMF tem condições para liderar um processo neste sector, em conjunto com privados e a Universidade da Madeira (UMa), tendo como objetivo formar os jovens nestas áreas de competência, criando emprego qualificado que, segundo afirma, permite reter no Funchal o talento e exportar conhecimento a partir da nossa cidade.

«Nós queremos continuar através da CMF a fazer a aposta que até este momento o Governo Regional tem feito na juventude, na formação de quadros, numa área de serviços informáticos que, a partir da Madeira, exportam o seu “know-how” e o seu conhecimento para todo o mundo. Queremos desenvolver esse conceito também na autarquia em parceria com estas entidades privadas e com a UMa, para chegar a uma população mais jovem, cada vez mais cedo. Queremos orientá-los para a formação na Universidade da Madeira e dar condições para que tenham uma perspetiva de vida diferente, atraindo este investimento privado», referiu Pedro Calado.

Na freguesia do Monte, a candidatura "Funchal Sempre à Frente" visitou a empresa "Asseco". Uma empresa de Software e Serviços para o Sector Financeiro, detida por capitais estrangeiros que apostaram na Madeira e na formação de quadros.